quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Resenha - Cem Toques Cravados /Edson Rossatto


     
Resenha - Cem Toques Cravados



Autor: Rossatto, Edson
Editora: Andross
Categoria: Literatura Nacional / Contos e Crônicas
Edição: 1 / 2010
Idioma: Português
País de Origem: Brasil
Número de Paginas: 128

 


   O livro “Cem toques cravados”, começou como o próprio autor falou “... da minha frustração de não ser desenhista e não poder fazer tirinhas...”. Sendo assim, ele acabou lançando um desafio de contar uma história bem curtinha, com o menor número de toques que ele conseguia. Logo após algumas tentativas, conseguiu que esses nanocontas tivessem exatamente 100 caracteres com espaços.
    O projeto deu inicio em divulgações no blog e twitter do Edson Rossatto (autor), depois de algum tempo não parou mais. De grão e grão ele foi escrevendo e hoje não para mais (eu já tinha ficado louco, se fosse eu).

Edson Rossatto:
         
           Nasceu em São Paulo, Capital, em 1978. Formado em Letras, é escritor, editor de livros, roteirista de HQ e blogueiro. Publicou os livros "Mansão Klaus e outras histórias", "Curta-metragem – Antologia de micro contos" e “Cem Toques Cravados", todos da Andross Editora, além de ter organizado dezenas de antologias literárias. É roteirista da série "História do Brasil em Quadrinhos", da Editora Europa, tendo publicado os volumes "Independência" e "Proclamação da República". É criador e organizador do "HQ em Pauta", um evento destinado ao encontro de leitores e profissionais de quadrinhos. Seu conto Cartas a um irmão foi adaptado para o cinema.
Sites:
(dados retirados do site do autor)
Resumindo. Ele é muito inteligente.

Link do post que falo sobre mais um de seus projetos.
TMP “Toques para mulheres” (Link <<Aqui>>)
(Esse é muito legal, chorei de tanto rir).


     Eu comprei o livro e me surpreendi como o seu tamanho reduzido, tanto de palavras, quanto de diâmetro, não afetou em nada na leitura.
    Edson consegue nos mostrar coisas engraçadas do dia a dia, expondo seu lado espirituoso fora das letras, que particularmente não parece pessoalmente, (eu falei isso para você, na festa da Andross). Proporcionou-me um dia muito agradável, (ri muito com alguns nanocontos). Recomendo para aquelas pessoas que gostam de sair do costumeiro e se aventurar em coisas novas.
Meu dilema para o livro é:
“São nos menores livros, que encontramos grandes historias”

Leia algumas opiniões.


“Tamanho reduzido, idéias ampliadas. Sabores e perfeições. Curta você também os nanocontos do Edson”. - Reginha Drummond (escritora)

“Irônico, poético, inspirador, cativante. A cada cem caracteres, uma história. E sem surpreendendo. - Helena Gomoez (escritora)

*Pensou. Espremeu e mente. O jorro não veio. Pingaram cem letrinhas, perfumadas. Aspirou profundamente. Sentiu até vertigem.  - Roberto Araújo (escritor e editor de livros)
Um gostinho do livro:

“Foi o sorriso mais sincero que vira na vida. Jamais imaginaria o poder que tinha um prato de comida.
“Pegou metrô nas Clínicas. Estava confiante que desceria na saúde. Entretanto, saltou no Paraíso”.
E o ultimo:
“Amo-te, meu filho, não importa que sua opção sexual seja diferente da minha. Seja um hetero normal”.

Acabou! Agora vão ter que ler o restante.
Como o próprio autor falou:
“Agora não tem desculpa para não ler”

Então corra e vão se aventurar
Fui pessoal!

1 comentários:

Tatá disse...

Noooooossa
Adorei o post Lu
Esse site TPM é realmente hilario
Devo palmas ao Edson
Parabens pelo post
Beijos

Postar um comentário